Região tem redução no preço dos imóveis

O preço médio do metro quadrado para compra de imóveis novos e usados em São Bernardo, Diadema e Mauá apresentou queda em abril, se comparado ao mesmo mês do ano passado. O Índice Properati-Hiperdados, realizado pelo portal de venda e aluguel de imóveis Properati, apurou também dados de São Caetano e Santo André.

Para se ter uma ideia, um apartamento de 60 m² custa, em média, R$ 342,6 mil em São Caetano, enquanto que em Mauá, cerca de R$ 237,6 mil – diferença de R$ 105 mil (69,35%).

Santo André apresentou crescimento nominal de 0,93%, mas queda de 3,48% no crescimento real (considerando os índices de inflação) no valor do m² dos seus imóveis, passando de R$ 4.810 para R$ 4.860 no ano. São Caetano, teve aumento nominal de 3,34% (-1,17%, real), custando R$ 5.710, ante os R$ 5.530 do ano passado.

“A lei de uso do solo em São Caetano é restrita, por isso poucos imóveis são construídos atualmente. Assim, conforme vai se esgotando o estoque o preço aumenta”, afirma o presidente do Acigabc (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC), Marcos Santaguita.

“A tendência é que, por conta da baixa oferta, o preço se mantenha elevado durante os próximos meses”, completa a diretora regional do SindusCon-SP (Sindicato da Construção Civil), Rosana Carnevalli.

O consultor imobiliário da Olímpico Consultoria, Renato Garcia, observa que, apesar do aumento comparado a 2016, nos últimos meses, o valor dos imóveis são-caetanenses tem baixado, por exemplo.

Em Mauá, o preço do metro quadrado registrou queda nominal de 0,68% e de 5,02%, real. Em 2016, custava R$ 3.980 e, neste ano, R$ 3.960. Em seguida, São Bernardo, que antes tinha o m² por, em média, vendido a R$ 4.890, teve diminuição nominal de 3,05% (-7,28%, real). Agora, o preço é de R$ 4.740.

DESTAQUE – Diadema foi o município responsável pela maior queda nominal, de 5,44% (-9,58%, real), ofertando imóveis mais baratos entre as cinco cidades. O m², que custava R$ 4.790 há um ano, agora sai a R$ 4.530. O presidente do Acigabc explica que essa diminuição deve-se ao fato de a cidade ter tido um grande número de lançamentos (de apartamentos, por exemplo) nos últimos anos, mas a procura não cresceu proporcionalmente. “Por terem (imóveis com) valores similares, as pessoas que procuram um imóvel para comprar geralmente optam por Santo André ou São Bernardo.”

OTIMISMO – Apesar do cenário de crise dos últimos anos, o country manager da Properati Brasil, Renato Orfaly, afirma que a procura por imóveis para compra, tanto usados, quanto lançamentos, tem aumentado neste ano. “Com a redução da inflação, a taxa de juros também diminui, fazendo com que as pessoas se sintam mais confortáveis em realizar financiamento”, completa.

Santaguita também é otimista em relação ao setor da construção civil. “O Grande ABC, como um todo, teve redução de lançamentos. Até que sejam retomados, por volta do ano que vem, haverá um momento em que a procura será maior que a oferta, valorizando os imóveis”, explica. Mais cautelosa, Rosana lembra que o setor da construção civil projeta melhora de 0,5% para este ano. (colaborou Gabriel Russini)

#Fonte – Diário do Grande ABC

Mercado imobiliário do ABC mostra sinais de melhora

Ao contrário das perspectivas de poucos lançamentos imobiliários durante este ano, devido à crise econômica em que o país se encontra, o setor tem mostrado sinais de recuperação na região. Pelo menos é o que indica o grande número de novos imóveis sendo lançados nos últimos meses.

Somente na área próxima à divisa entre as cidades de Santo André e São Bernardo, entre o fim de maio e o mês de junho, três empreendimentos de construtoras diferentes foram lançados simultaneamente e tiveram bons desempenhos de vendas.

Um exemplo é o Sky Patriani, lançado pela Incorporadora Patriani em meados de junho. Localizado próximo aos shoppings ABC e Metrópole, o empreendimento teve 75% de suas 116 unidades vendidos em apenas uma semana. Somente em sua pré-venda, realizada nos dias 11 e 12 de junho, metade do total de apartamentos foi comercializada.

“Desde o início das vendas, recebemos mais de 720 visitas no stand de vendas. Estes números nos mostram que o mercado de imóveis do ABC está tomando um novo fôlego e começando a reagir à crise, depois da queda do número de lançamentos no ano passado”, comenta Henrique Sotere, gerente de Marketing e Vendas da Incorporadora Patriani.

Fonte: Abc do Abc

ABC entre as melhores cidades para investir em imóveis

image001
O Grande ABC lidera o ranking das melhores cidades para investir em imóveis no Brasil, segundo pesquisa divulgada pela revista EXAME. São Bernardo do Campo ocupa o primeiro lugar e Santo André está em quinto.

Os dados foram apurados pela Consultoria Prospecta Inteligência Imobiliária em 5.553 cidades, em todos os municípios do país com menos de um milhão de habitantes. Na pesquisa foram levadas em consideração as características como: renda per capita elevada, população alto nível de instrução e de vínculo empregatício da população, número de empresas atuantes, déficit imobiliário elevado.

A cidade Grande ABC não para de crescer e sempre foi vista como uma das regiões mais desenvolvidas economicamente. Cada vez mais tem despertado atenção de paulistanos em busca de qualidade de vida, conforto e infraestrutura completa. Prova disso é o aquecimento do mercado imobiliário nas cidades.

São Bernardo do Campo

A qualidade de vida e o sólido desenvolvimento da região estão entre os principais motivos que têm atraído novos moradores para a cidade. Os antigos terrenos industriais deram espaço para modernos empreendimentos. E esses prédios impulsionaram o desenvolvimento da região. As casas, sobrados e osapartamentos em São Bernardo do Campo têm grande procura.

A cidade oferece uma gama de opções de serviços e comércio, como padarias, hipermercados, academias, agências bancárias instituições de ensino. São Bernardo do Campo também possui uma localização estratégica. A cidade oferece fácil acesso ao centro de São Paulo, a Santos, ao Rodoanel e ao Aeroporto de Congonhas.

Atualmente, a cidade de São Bernardo do Campo possui 765.463 habitantes em uma área de 409.508 km² e uma densidade demográfica 1.869,36 hab/km², conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

Santo André

Santo André é composta por uma estrutura contempla com padarias, hipermercados, academias, agências bancárias, instituições de ensino, entre outros estabelecimentos comerciais e de serviços que garantem a praticidade na rotina dos moradores.

A cidade possui um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,815, essa é uma medida comparativa usada para classificar localidades pelo seu grau de “desenvolvimento humano. O Produto Interno Bruto (PIB) é de R$ 17.664.718 e a renda per capita é de R$ 26.035,49, valores que colocam Santo André entre as cidades mais desenvolvidas do País.

Já segundo o IBGE, Santo André tem uma população estimada de 676.407 habitantes em uma área de 175,782 km².

Localizada a 18 quilômetros de São Paulo e 50 de Santos, Santo André chama a atenção pelo fácil acesso para outras regiões. Sua principal via de acesso é a Avenida do Estado que liga para a região central, a zona leste, além dos municípios de Mauá e São Caetano.

A região do Grande ABC é perfeita para você desfrutar de mais qualidade de vida. As cidades têm grande potencial de crescimento, com uma indústria forte e um avanço notável nas áreas de serviços e comércio.

Fonte:

ABC Imóvel | www.abcimovel.com.br

ABC apresenta melhora no ritmo de vendas de imóveis

abc-paulista-dedetizadora

Dados da ACIGABC mostram constante aumento na velocidade de vendas com crescimento mês a mês no primeiro semestre, o que deixa boa expectativa para os próximos meses.

O mercado imobiliário do Grande ABC mostra recuperação de vendas neste início de segundo semestre. De acordo com dados da ACIGABC (Associação dos Construtores, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC) a velocidade de vendas na região vem melhorando ao longo deste ano. O índice, medido mensalmente, esteve em 9,14% em janeiro último e, em junho, chegou a 24,08%. A expectativa é que ele continue subindo já que o aumento deste índice foi constante com crescimento todo mês.

A diretora da Plazza Realty Brasil e diretora da ACIGABC, Valéria Correa, confirma esta melhora no dia a dia das vendas ao perceber um maior movimento em plantões de vendas. “Um bom exemplo foi um grande feirão realizado no começo de agosto que contou com visitantes realmente interessados na compra de imóveis. Foram dois dias de movimento intenso e muita negociação”, revela a empresária.

A grande movimentação no feirão, citado por Valéria Correa, mostrou também uma tendência do perfil do consumidor atual. “Eles estão pesquisando mais, procurando pela melhor oferta e bastante dispostos em negociar. Então é hora de oferecer condições especiais e avaliar as propostas dos clientes que mostram a vontade de fechar o negócio. Temos muitas oportunidades para realizar boas vendas”, considera.

Outra importante análise é perceber qual é o perfil do imóvel mais procurado. “Temos procura por todos os tipos de imóveis, mas percebemos que há um volume mais de consumidores que buscam o primeiro imóvel”, explica Valeria Correa. A sensibilidade da empresária segue a tendência do tipo de imóveis lançados neste primeiro semestre de 2015. Segundo a ACIGABC, foram lançadas 2.430 unidades, sendo que 70% eram de 2 dormitórios, que se encaixa melhor para consumidor que está na busca de sua primeira casa própria. Entre as cidades, São Bernardo lidera o número de lançamentos, seguida de Santo André, Diadema e São Caetano.

São Bernardo celebra 462 anos com ampla programação ao longo de agosto

article

Festa de N. Sra da Boa Viagem, procissão dos carroceiros, desfile, shows e seminário internacional estão no programa

São Bernardo do Campo completa 462 anos dia 20 de agosto e, para celebrar essa rica história, a Prefeitura preparou ampla programação ao longo de todo o mês. As atividades, gratuitas, incluem atrações musicais, desfile cívico e militar, muito lazer, cultura e esporte.

Entre os outros destaques das comemorações estão a festa de Nossa Senhora da Boa Viagem; procissão dos carroceiros; Mostra de Orquídeas; a festa Muitos Povos, uma Cidade, que celebra as culturas que ajudaram a formar o município e o País, e o lançamento do Guia da Saúde.

A cidade também recebe, dias 28 e 29, o Seminário Internacional Participação Cidadã, Gestão Democrática e as Cidades no século XXI, que contará com as presenças de importantes personalidades da America Latina, como os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, do Brasil, e José Mujica, do Uruguai.

Como parte da programação, o público poderá se divertir com uma série de shows com artistas de renome do samba, do hip hop, do rock e da MPB. Entre os destaques estão Katinguelê Planta & Raiz, Guerreiros de Judá, Ras Mocambo e Ratos de Porão. Os shows dos palcos samba e reggae acontecem na Chácara Silvestre, os dos palcos Rock e Hip Hop, no Parque da Juventude, e os do palco MPB, no Parque Salvador Arena. As apresentações serão, respectivamente, nos dias 20, 21, 22 e 23, a partir das 12h.

A ampla programação comemorativa conta, ainda, com exposições, espetáculos teatrais e de dança, atividades lúdicas e ecológicas, voltadas para o público infantil, diversos eventos do Expresso Lazer e inaugurações de obras importantes para a cidade, como a entrega, no dia 19, da nova UBS (Unidade Básica de Saúde) do Jardim Silvina, que foi reformada e ampliada.

Toda a programação de festejos de aniversário pode ser conferida no portal da Prefeitura, no endereço saobernardo.sp.gov.br/guiadacidade.

Aniversário de São Caetano com programação especial

Neste dia 28 de julho, a cidade de São Caetano do Sul completa 138 anos. Como não poderia ser diferente, haverá uma programação especial para as comemorações ao longo de todo o dia. Para quem puder acompanhar as festas que se estenderão desde o início da manhã até o final do dia, o Blog da Plazza reforça a agenda oficial divulgada pela Prefeitura.

 

Agenda de comemoração do aniversário de 138 anos de São Caetano do Sul, neste dia 28 de julho:

image002

Santo André mantém liderança

santoandre-lideranca

Cidade é que desperta maior interesse no ABC

Em maio, Santo André manteve-se à frente no Grande ABC quando se trata de visitas ao Portal ABC Imóvel. De acordo com dados do site, em um total de 260.900 visitas de pessoas interessadas em comprar uma unidade e 122.065 em locação, a cidade teve 174.036 pessoas procurando um imóvel no site nesse mês, ou mais de 45% do total, somente ela.

Desde que o portal começou a apurar esses números, em 2012, Santo André vem mantendo a frente. Em seguida vieram, na ordem, São BernardoSão CaetanoMauáDiademaRibeirão Pires e Rio Grande da Serra, que, juntas, representaram os quase 55% restantes. Tanto em vendas, como em locação, o tipo de imóvel mais procurado foi apartamento, seguido de casa/sobrado, no caso de vendas, e casa térrea, na locação.

O bairro com maior número de unidades anunciadas no portal foi o Centro de Santo André, com 484 unidades. Na ordem, vieram os bairros de Baeta Neves, em São Bernardo, com 182 imóveis; Santa Paula, em São Caetano, com 153; Bairro Campestre, em Santo André, 146; e Planalto, em São Bernardo, com 132 unidades anunciadas.

Santo André no alto

image001

Crise? Isso não existe em Santo André. Os números mostram. De acordo com a Associação das Construtoras, Imobiliárias e Administradoras do Grande ABC (ACIGABC), a cidade lançou 330 unidades em março, liderando, mais uma vez, o total de lançamentos no ABC. Toda a região teve aumento total 171,8% no primeiro trimestre deste ano, comprando com o primeiro trimestre de 2014.

Foi um total de 848 novos apartamentos na região, com predominância de unidade de dois dormitórios (570), uma tendência do mercado imobiliário. Santo André ficou à frente, com 330 unidades de todos os tipos, seguida de São Bernardo (316) e São Caetano (202).

O que não teve o mesmo desempenho foram as vendas, pois houve queda de cerca de 22% nas vendas do primeiro trimestre de 2015. Segundo a entidade, as 1.059 unidades vendidas representam o ponto mais baixo da evolução do setor desde 2012. Mas sem susto ou receio futuro, pois era esperado em razão da economia do País.

 

Fonte:

ABC Imóvel | www.abcimovel.com.br

Dicas de livros e publicações sobre marketing imobiliário e mercado imobiliário

livros-do-mes

Criando Competências: Corretagem Imobiliária e Marketing Imobiliário Integrado

(Ari Travassos)

Esta obra pretende oferecer um fundamento teórico ao mercado imobiliário, baseado na experiência profissional do autor. Pretende ainda promover uma reunião das matérias  que  compõem o conjunto de assuntos necessários ao desenvolvimento acadêmico dos corretores  de imóveis,  que deverão ser  utilizadas nas Faculdades de Gestão de Negócios Imobiliários, além de servir de material teórico para os cursos de TTI –Técnico em Transações Imobiliárias.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

livro-casos-e-casos-marketing-imobiliário-integrado-ari-travassosCasos & Casos : Marketing Imobiliário Integrado

(Ari Travassos)

Esta obra está destinada à narrativa de alguns casos de consultoria técnica de marketing imobiliário, realizados pelo Instituto Ari Travassos de Marketing Imobiliário, na pessoa do autor deste livro, e tem por principal objetivo atender as necessidades de um mercado carente dessa matéria, pois como sabemos, o marketing (MKT), na especialidade imobiliária, é novo, muito novo, estando afastado de toda a teoria acadêmica da cadeira do marketing (MKT) ensinado nas faculdades.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

Ganhe Muito Mais - Marketing Imobiliário - Compra e venda de imóveis

Ganhe muito mais – Marketing imobiliário – Compra e venda de imóveis

(Ari Travassos)

É uma obra destinada para os profissionais estudarem as mais modernas técnicas de corretagem imobiliária. Nela o autor faz uma análise critica dos principais temas da profissão.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

Dicas & Segredos - Compra e venda de imóveis

Dicas & Segredos: Compra e venda de imóveis

(Ari Travassos)

Este é um livro que tem como finalidade o desenvolvimento técnico/profissional dos corretores de imóveis e é considerado em todo país, como a “Biblia dos Corretores”.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

.Como Comprar e Vender Imóveis - Informações e Soluções

Como Comprar & Vender Imóveis

(Ari Travassos)

.Este livro pretende ser a oportunidade que os clientes imobiliários, precisam para tirar suas dúvidas quanto a realização de negócios imobiliários.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

 

——————————————————————————————————

É assim que se faz - Compra e venda de imóveis

É assim que se faz… – Compra e venda de imóveis

(Ari Travassos)

O autor, além de diversos temas tratados para o profissional da corretagem imobiliária, desenvolve temas de interesse para a formação de gerentes de vendas de imóveis.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

Corretagem de imóveis de A a ZCorretagem de Imóveis de A a Z

(Ari Travassos)

Este glossário tem o objetivo de esclarecer dúvidas, através de uma linguagem simples, ajudando o profissional da área em seu desenvolvimento técnico e profissional.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

Estratégias para o dia-a-dia

Estratégias para o dia-a-dia – Marketing Pessoal & Profissional

(Ari Travassos)

O autor propõe aos profissionais liberais a criação de uma imagem pessoal de alta credibilidade, pois entende que desta maneira é fácil vender qualquer produto ou serviço.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil, ou então acesse o site oficial do autor: www.cecoi.com.br

——————————————————————————————————

livro-valentina-caran-sua-historia-e-seus-segredos-de-sucesso-no-ramo-imobiliario-angelo-iacoccaValentina Caran: Sua História e Seus Segredos de Sucesso no Ramo Imobiliário

(Angelo Iacocca)

Ela começou aos nove anos na roça e hoje, aos 46 anos trabalha das 9h à meia-noite, controla todas as operações diárias de sua corretora e fatura R$ 1,5 mil por mês vendendo imóveis. Conhecida como a Rainha da Avenida Paulista e com frases de efeito como “Não existe mercado parado, existem pessoas paradas”, Valentina Caran descreve um pouco de sua vida e ascensão nos negócios e considera ser um best-seller escrito pelos jornalistas Ângelo Iacoca e Marco Polo.

Clique aqui para comparar o preço mas principais livrarias do Brasil

——————————————————————————————————

livro-gestao-de-marketing-e-comunicacao-avancos-e-aplicacoes-mitsuru-higuchi-yanazeGestão de Marketing e Comunicação: Avanços e Aplicações

(Mitsuru Higuchi Yanaze)

O livro apresenta os principais conceitos e modelos de marketing e comunicação, orientando sua aplicação prática de uma forma dedicada à busca constante do conhecimento e do equilíbrio de dois potenciais: o potencial operacional e de oferta da empresa, e o potencial de demanda e de capacidade aquisitiva dos segmentos de mercado almejados. Por meio de atividades propostas, os leitores poderão simular a prática do marketing em situações reais e incorporar os paradigmas de marketing efetivamente.

Clique aqui para comparar o preço nas principais livrarias do Brasil.

.

.

Leu algum livro interessante sobre marketing imobiliário? Envie sua sugestão para [email protected]

Créditos: www.portalvgv.com.br

Construtoras alteram projetos para atender novas exigências

Sao-Bernardo-do-Campo-abc-paulista

Entre as principais exigências dos novos compradores estão a boa localização e serviços extras do condomínio

 

O perfil do comprador de imóveis está mudando. Jovens com até 35 anos já representam 44,4% dos mutuários na Caixa Econômica Federal, segundo dados referentes a novembro de 2014. As construtoras também calculam que ao menos entre 15% a 20% dos clientes sejam jovens.

 

Para atender esse público, as construtoras têm feito alterações nos projetos imobiliários, criando produtos que atendam as expectativas da juventude. Entre as principais exigências estão a localização do imóvel – que deve ser próximo do local de trabalho, na maioria das vezes -, a oferta de uma ampla e equipada área de lazer e uma boa infraestrutura de comércio e serviços na região.

 

Bairros como Chácara Santo Antônio e Vila Anastácio, que estão em desenvolvimento, são os preferidos dos mais novos, assim como a região central. A última preocupação dos novos compradores é o preço.

“Nos últimos três anos, o mercado imobiliário percebeu o potencial do público entre 25 e 35 anos. A grande oferta de financiamentos e as taxas de juros atrativas facilitaram o acesso. O que para uma geração foi muito difícil, para essa é bem mais fácil”, explica Romeu Braga, diretor da Living. Especializada neste público, a empresa tem 80% dos seus clientes nesta faixa etária.

Os apartamentos de um e dois dormitórios, com 60 metros quadrados, são os preferidos dos jovens, que geralmente são solteiros ou casais sem ou com um filho.

 

Financiamento

O desejo de comprar a casa própria chega cada vez mais cedo na vida dos brasileiros. Dados do simulador habitacional do site da Caixa Econômica Federal apontam que 44,8% das pessoas que realizaram a simulação do financiamento tinham idade entre 26 e 35 anos no ano passado. Os que têm menos de 25 anos foram 15,4% dos usuários. “É o jovem que está querendo comprar imóvel”, afirma o vice-presidente de Habitação da Caixa Econômica Federal, José Urbano Duarte.

Os números dos acessos ao simulador apontam que 43% das pessoas que realizaram a simulação de crédito querem financiar imóveis com valores entre R$ 100 mil e R$ 150 mil. Na faixa entre R$ 150 mil e R$ 200 mil estão 19,4% dos que querem comprar a casa própria.

Os dados inseridos pelo interessado no financiamento do imóvel representam a verdadeira situação do cliente em geral. É que o mutuário seria prejudicado na simulação caso colocasse informações irreais . “Isto influenciaria na prestação, seja do ponto de vista do seguro, seja do prazo do financiamento e do valor da prestação que vai pagar”, explica.

 

São Bernardo é melhor cidade para investir

Para o investidor, São Bernardo do Campo é a melhor cidade brasileira com menos de 1 milhão de habitantes para investir em imóveis, de acordo com pesquisa da Prospecta Inteligência Imobiliária. A segunda posição entre os 5.553 municípios analisados é de Campo Grande (MS).

 

A renda média elevada das famílias, a qualidade de vida que a cidade proporciona, o déficit imobiliário e a idade média da população entre 20 e 49 anos são alguns dos fatores que explicam a liderança da cidade do Grande ABC. A maioria dos compradores da região tem buscados imóveis de até R$ 350 mil.

 

Fonte: jornal Destak.