DIA C da Camargo Corrêa: descontos em um único dia

A Carmago Corrêa realizou no último dia 3 de abril evento na sede da Plazza Realty Brasil para apresentar aos nossos consultores a Campanha do DIA C. O coordenador de vendar da Camargo Corrêa, Reinaldo Carreira, explicou que a ação chamada de DIA C consiste em uma série de descontos especiais em seus produtos oferecidos em único dia. Neste ano, O DIA C da Camargo Corrêa acontece dia 12 de abril.

Você que está de olho em oportunidades para investir, morar ou trabalhar, fique atento aos descontos do DIA C, que poderão chegar até 40%, ou 346 mil de desconto! O trabalho de oferta dos nossos consultores já começou. Mais informações pelo 4941-7600 ou fale com nossos Corretores Online, aqui mesmo pelo nosso site.

diac diac2

Lançamento em Diadema neste sábado: ótima opção para morar e investir

No próximo sábado, 05/04, acontece o lançamento do Conquista Chácara dos Pêssegos, empreendimento residencial da Construtora MZM, em Diadema. Estaremos com toda a nossa equipe de consultores no plantão, localizado na Avenida Alda, 1550, no Centro, para apresentar mais esta excelente oportunidade. A cidade de Diadema passa por mudança estruturais importantes e tem atraído investimentos no segmento imobiliário e também novos moradores, que encontram ótimas opções de imóveis pela cidade e ajudam a movimentar comércio e serviços na região. Um dos exemplos recentes de que Diadema está também na rota de investimentos do Poder Público para melhora de infraestrutura foi o anúncio do governador Geraldo Alckmin de que está confirmada a extensão da Linha 17-Ouro do Metrô para a cidade.

Veja a matéria sobre o tema veiculada pelo jornal Diário Regional e entenda o motivo para você não deixar passar esta nova oportunidade de morar e investir em Diadema. Estamos esperando por você no Conquista Chácara dos Pêssegos.

Matéria Diário Regional de 06/02/2014:

DIADEMA – O governador Geraldo Alckmin (PSDB) confirmou a extensão da linha 17-Ouro do metrô para Diadema. O projeto inicial previa a construção do trajeto entre Morumbi e Jabaquara, mas o tucano anunciou que aceitou o pedido do prefeito Lauro Michels (PV) para incluir a cidade no projeto. Segundo o governador, já foi dada a ordem para seja feito o projeto básico, mas não há data para a abertura de nova licitação que vai ampliar a futura linha do metrô. A previsão é que o traçado margeie a Rodovia dos Imigrantes, passando pela Vila Élida e encerrando o trecho no Terminal Diadema, no Centro. Ao todo, serão 5,6 quilômetros de monotrilho, que vão demandar R$ 1,4 bilhão de investimento.

“Nova licitação deve ser lançada da linha 17 (Ouro do metrô). Demos ordem para que seja feito o projeto básico e funcional, o primeiro passo. Em homenagem à cidade, vai coroar o sistema metroviário. O projeto funcional vai dizer qual será o melhor trajeto a ser utilizado, as avenidas, os locais de menor desapropriação”, destacou Alckmin, ontem (5), ao trazer a Diadema a segunda carreta do programa Mulheres de Peito.

O processo licitatório da linha 17 encerrou-se em 2011 e foi vencido pelo Consórcio Monotrilho Integração por R$ 3,1 bilhões. As obras até Jabaquara já foram iniciadas e o governador não revelou a previsão para a abertura da licitação para a extensão do trecho até o município.

Pane

Questionado sobre a pane que ocorreu terça-feira (4) na Linha 3-Vermelha do metrô depois de problema na porta de uma das composições, o que teria provocado tumulto e pânico dentro dos vagões, Alckmin atribuiu o problema à “sabotagem” de um grupo que chamou de “vândalos”.

“Infelizmente, foram acionados quase dez botões de emergência e houve um grupo de vândalos que invadiu a estação. Estamos identificando pelas câmeras de e pela segurança do metrô, porque era uma coisa que poderia ter sido resolvida em dez minutos. Quando as pessoas descem na linha, você tem que desenergizar, porque o terceiro trilho leva energia. Então, acabou prejudicando o sistema. Acho muita coincidência acionarem ao mesmo tempo os botões de emergência e estamos estudando a possibilidade de sabotagem”, revelou.

 

MBigucci faz treinamento inédito para corretores de imóveis

 

logo_mbigucci_on

Você já fez um diagnóstico de tudo o que gasta por mês? Seus sonhos são planejados no papel, com prazo e custo de como realizá-los? Você tem controle do seu orçamento, sabe poupar? Esses foram os temas principais abordados na palestra de Educação Financeira oferecida pela construtora MBigucci (www.mbigucci.com.br) a 160 corretores. O treinamento ocorreu no plantão de vendas do empreendimento Marco Zero São Bernardo, localizado na Av. Kennedy, esquina com Av. Senador Vergueiro, em São Bernardo do Campo-SP.

 

Com muito bom-humor e interatividade, o experiente coach e educador financeiro Alexandre Daminani demonstrou aos corretores, na prática, a importância de acompanhar de perto as finanças pessoais, com metas e objetivos estabelecidos. “Na nossa vida é preciso ter saúde física, emocional e mental, mas se não tivermos saúde financeira também, todas as demais ficam abaladas”, afirmou.  A palestra abordou ainda a valorização da profissão de corretor e a responsabilidade de cada um sobre as atitudes e palavras durante uma venda. “A MBigucci é a primeira construtora do Brasil a oferecer este tipo de treinamento aos corretores”, destacou o palestrante Damiani.

 

Além da palestra oferecida, a MBigucci também irá subsidiar 50% do valor de um treinamento maior, com Alexandre Damiani, que será oferecido no mês de maio na sede da construtora (as vagas são limitadas e direcionadas ao público presente na palestra). Além dos profissionais da MBigucci, participaram da palestra corretores das empresas Abyara, Plazza Realty e Vianna, parceiras na venda do empreendimento Marco Zero São Bernardo.

 

3ª fase de vendas – O encontro com os corretores também abriu a 3ª fase de vendas do empreendimento Marco Zero São Bernardo. Na ocasião, o diretor de Vendas da MBigucci, Robson Toneto, destacou os diferenciais do produto: “Da primeira fase até agora, o Marco Zero já teve 40% de valorização e a tendência é valorizar ainda mais com as obras do monotrilho. É o melhor lugar do ABC para investir, principalmente por conta da excelente localização e de tudo o que tem por perto,  afirmou Toneto. O presidente da MBigucci, Milton Bigucci, presente no evento, também destacou o grande sucesso de vendas da primeira fase do Marco Zero, com mais de 543 unidades comercializadas em menos de um mês: “Vocês estão vendendo uma Ferrari. Este é o melhor produto disponível no ABC”, afirmou.

 

O Marco Zero São Bernardo (www.marcozerosbc.com.br ) é um complexo misto, que reúne salas comerciais, lofts e apartamentos de 2 e 3 dormitórios em um mesmo terreno. Está em construção na Av. Kennedy, esquina com Av. Senador Vergueiro – SBCampo.

Meeting Conquista Chácara dos Pêssegos

A Construtora MZM realizou na última quinta-feira, 27/03, meeting para premiação e nova promoção do lançamento residencial Conquista Chácara dos Pêssegos, localizado em Diadema. O evento aconteceu no Anfiteatro do Centro Empresarial Pereira Barreto, em Santo André, e contou com a presença de toda a equipe de consultores da Plazza Realty Brasil, responsável pela comercialização do produto.

O Conquista Chácara dos Pêssegos está localizado na Avenida Alda, 1550, no Centro. Conta com apartamentos de 3 dormitórios ( 1 suíte) – 67 m², 2 dormitórios – 54 m² e 2 dormitórios (térreo) – 68 m². E claro oferece muito lazer e conforto: Piscina Adulto, Piscina Infantil, Solarium, Fitness, Quadra Recreativa, Espaço Mulher, Salão de Festas Adulto, Salão de Festas Infantil, Espaço Gourmet, Churrasqueiras, Salão de Jogos Adulto, Playground, Brinquedoteca, Praças, Guarita com Eclusa, Hall Social e Vagas para Visitantes, entre outros.

Acompanhamos o meeting para registrar mais este importante momento para a Plazza Realty Brasil e nossos consultores. Vale lembrar que a premiação foi dada em dinheiro e na hora!!

Meeting Conquista Chácara dos Pêssegos meetingpessego3

O que é INCC?

INCC significa Índice Nacional de Custo da Construção, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas. Tem a finalidade de apurar a evolução dos custos das construções habitacionais.  Usualmente é utilizado para correção dos contratos de compra de imóveis, enquanto a obra está em execução.

A apuração abrange materiais e equipamentos, serviços e mão-de-obra da construção. Atualmente a coleta de dados é feita em 7 capitais do Brasil (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Porto Alegre e Brasília).

Histórico – O INCC foi divulgado pela primeira vez em 1950. De inicio, o índice cobria apenas a cidade do Rio de Janeiro e sua sigla era ICC (Índice de Custo da Construção). Nas décadas seguintes, a atividade econômica descentralizou-se e o IBRE (Instituto Brasileiro de Economia) passou a acompanhar os custos da construção em outras localidades. Além disso, em vista das inovações introduzidas nas técnicas de construção, o ICC teve que incorporar novos produtos e especialidades de mão de obra.Em fevereiro de 1985, para efeito de cálculo do IGP (Índices Gerais de Preços), o ICC deu lugar ao INCC.

Caixa lança novo simulador de financiamento habitacional

A Caixa Econômica Federal lançou o novo simulador de financiamento habitacional, disponível no site do banco. Segundo a Caixa, a ideia foi apresentar um desenho mais simples e intuitivo, com maior facilidade no preenchimento dos dados e agilidade na resposta ao usuário.Fonte: Agência Brasil

Outro novidade é a opção de iniciar a simulação a partir da capacidade de pagamento. Com o preenchimento de apenas quatro campos, o novo simulador calcula o valor máximo de financiamento que o cliente pode tomar na Caixa, bem como o valor máximo de prestação que ele pode assumir. Caso prefira, o cliente pode ir direto para a simulação completa.

Em seguida o simulador apresenta sugestões de valores de financiamento e prazos compatíveis com este comprometimento mensal, auxiliando o cliente a definir o valor do imóvel a ser adquirido.

Após escolher o valor e o prazo, cliente deve confirmar o tipo e local do imóvel que deseja financiar, e inserir dados como: data de nascimento do proponente de maior idade; tempo de serviço, se tiver mais de três anos de trabalho sob regime do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); e se já foi beneficiado com algum subsídio da União.

Segundo o Caixa, as novas funcionalidades foram desenvolvidas com base em pesquisa realizada em sites de bancos nacionais e internacionais.

Volume de empréstimos para imóveis cresce 22% em janeiro

O volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis, com recursos das cadernetas administradas pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), chegou a R$ 8,2 bilhões, em janeiro. Um aumento de 22% sobre o mesmo mês do ano passado, de acordo com a Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). É o melhor resultado para um mês de janeiro em 20 anos. No acumulado de 12 meses, o volume alcançou R$ 110,6 bilhões – 32% maior que nos 12 meses anteriores.

Foram contratados 39,9 mil financiamentos, em janeiro, para aquisições e construções de imóveis, com expansão de 12% em comparação com o mesmo mês de 2013 – melhor resultado em unidades beneficiadas também para o mês de janeiro. Nos últimos 12 meses, encerrados em janeiro, foram financiados 534,1 mil imóveis, número recorde, que superou em 17% os 455,1 mil contratos entre fevereiro de 2012 e janeiro de 2013.

Segundo a Abecip, os depósitos em cadernetas de poupança, nos agentes financeiros do SBPE, atingiram R$ 711 milhões, resultado ligeiramente inferior ao de janeiro do ano passado, mas positivo, pois os depósitos superaram as retiradas. O estoque dos depósitos de poupança no SBPE alcançou, em janeiro, R$ 469,92 bilhões, ou 77,95% da poupança total, de R$ 602,79 bilhões. Houve, portanto, elevação nominal de 20%, comparado a janeiro de 2013.

A captação líquida da poupança, em janeiro, foi menor que nos meses anteriores, em razão do aumento de saques para pagar dívidas de fim de ano. Mas, mesmo com a subida da taxa básica de juros (Selic), que reduz a atratividade da poupança, em relação aos fundos de renda fixa, janeiro registrou o 23º mês seguido de saldo positivo das tradicionais cadernetas. O último mês de saldo negativo foi fevereiro de 2012, com déficit de R$ 414,52 milhões.

Agência Brasil